APÓS CINCO ALTAS CONSECUTIVAS, RECUA CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO DA PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA